Hospedagem de Sites com cPanel, Domínio, Emails, PHP, Mysql, SSL grátis e Suporte 24h
Mamica de Cadela

Pacote 100 GR - R$ 14,00

PARTES USADAS: Cascas
ORIGEM DO PRODUTO: Brasil
 
DESCRIÇÃO: mamica-de-cadela (Brosimum gaudichaudii ), também conhecida por Mama Cadela, algodão-do-campo, amoreira-do-campo, mururerana, apé, conduru, inhoré (no Ceará),  é espécie comum nos cerrados, com grande valor na medicina popular e na indústria de medicamentos. E um arbusto lactescente e de pequeno porte. Tem frutos amarelo-alaranjados, semelhante às mamas de uma cadela, com cerca de dois centímetros de diâmetro. INDICAÇÃO: Chá de Mamica de Cadela => Bronquites, discromia, gripes, má-circulação do sangue, vitiligo, manchas, úlcera gástrica, resfriados.
COMO FAZER: 2 colheres de sopa para um litro de água. Deixe cozinhar por cerca de 10 minutos a partir do momento em que se inicia a ebulição, após esse tempo, retire do fogo e deixe repousando, tampada, por 10 minutos. Coe e está pronto para o uso.
COMO BEBER: Tomar 2 a 3 xícaras ao dia.

A planta chamada de “Mamica de Cadela” tem esse nome curioso e até engraçado, mas também é conhecida por outros, dependendo da região do país: boloteiro, amoreira do mato, inhare,  ipê-do-sertão,  pão-de-arara e faveira. Já o seu nome científico é Brosimum Gaadichaudii Trécul, e ela pertence à família Moraceae.  É uma planta bastante comum no cerrado do Centro-Oeste Brasileiro. Suas propriedades   no combate ao vitiligo são muito conhecidas (talvez sejam as mais conhecidas quando se refere à mamica de cadela), mas ela também é recomendada por alguns pesquisadores no tratamento da esquistossomose (barriga d´agua) e doença de Chagas. Contudo, esses não são os únicos benefícios desta planta peculiar.

 

    • O nome “mamica de cadela” foi atribuído a ela porque a planta se assemelha à mama de uma cadela.
    • Seu arbusto é lactescente e pode atingir até 4 metros de altura;
    • Suas folhas são simples e de consistência bem firme;
    • Seu fruto é alaranjado e semelhante à mama de uma cadela;
    • Ela tem cerca de 2 centímetros de diâmetro;
    • Seu aspecto é nodoso;
    • Propriedades medicinais

    • Cicatrizante;
    • Antigripal;
    • Depurativa;
    • Estomáquica;
    • Antioxidante.
    • Indicações e usos

    • Serve para tratamento de gripes, resfriados e bronquite;
    • Ajuda na circulação sanguínea, portanto, deve ser utilizada por pessoas com problemas de má circulação;
    • Em casos de pele despigmentada por conta do vitiligo ou qualquer outra mancha causada por outros motivos/doenças;
    • No tratamento e prevenção da esquistossomose (Barriga d´água);
    • No tratamento da doença chamada de mal de Chagas;
    • Trata úlceras gástricas.
    • Como fazer o chá

      Ingredientes:

    • Duas colheres (de sopa) da casca da mamica;
    • 1 litro de água mineral.
    • Modo de preparo:

      Aqueça numa panela 1 litro de água com as duas colheres (de sopa) da casca da mamica de cadela. Quando a mistura levantar fervura, desligue o fogo e tampe por cerca de 10 minutos. Passados esses 10 minutos, coe, adoce se desejar e tome uma xícara 3 vezes ao dia, na temperatura que desejar.

      Onde encontrar e recomendações

      A mamica de cadela pode ser comprada em casas especializadas em chás, mercados (também ao ar livre) e em lojas online, caso a sua cidade não tenha nenhuma das opções anteriores.

    • Semelhante às mamas de uma cadela, a planta de origem brasileira, encontrada no cerrado, é uma grande aliada na cura e prevenção de doenças  variadas. Constituída de bergapteno, furanocumarinas, psoraleno, a Mamica de Cadela, também conhecida como pão-de-arara, boloteiro, faveira, amoreira do mato, inhare, ipê-do-sertão e outros nomes, é eficaz no tratamento da Doença de Chagas, Vitiligo Barriga d’água.

      Indicações da Mamica de Cadela

    • Gripe e resfriados;
    • Bronquite;
    • Má circulação sanguínea;
    • Pele despigmentada devido ao vitiligo ou outras manchas;
    • Úlcera gástrica;
    • *Esquistossomose (Barriga d’água);
    • *Mal de Chagas.